Com mais de 20 anos de história marcados pelo espírito do crescimento. Cada fase dessa evolução se reflete na imagem empresa. Tu sabe que o mundo está em constante transformação e nós não poderíamos fazer diferente.

Blog

Du Gaúcho / Curiosidades  / Bota de Segurança: A sua Importância no Ambiente de Trabalho

Bota de Segurança: A sua Importância no Ambiente de Trabalho

Qualquer ambiente de trabalho que proporcione algum tipo de risco para o profissional requer a utilização obrigatória de EPIs. E entre os Equipamentos de Proteção Individual, um dos mais importantes é a Bota de Segurança, responsável por proteger os pés do trabalhador contra os mais variados tipos de perigos que fazem parte do dia a dia de quem trabalha em indústrias, cozinhas industriais, área de saúde, construção civil, entre outros.


Os pés são essenciais para a vida do profissional, pois são responsáveis por providenciar todos os tipos de movimento do corpo e de mantê-lo em pé, por isso, a sua proteção é extremamente necessária para que as atividades rotineiras possam ser exercidas de forma satisfatória. Ninguém quer ter que ficar “encostado” em casa sem poder caminhar direito ou ter sequelas por algum acidente que poderia não ter machucado tanto se os EPIs estivessem sendo usados adequadamente.


Conhecer a Bota de Segurança, desde a sua anatomia até as proteções que ela oferece para os profissionais, é essencial para explicar a sua importância e utilidade.

É de responsabilidade do empregador fornecer a Bota de Segurança (ou Botina de Segurança como alguns chamam) para os seus funcionários, e ela deve estar de acordo com o tipo de ambiente em que o profissional irá trabalhar, além de possuir o Certificado de Aprovação para garantir que é um material de qualidade, que foi testado e aprovado pelo Ministério do Trabalho e Emprego para ser utilizada em ambientes que oferecem qualquer tipo de risco.


Cabe ao trabalhador fazer bom uso do EPI fornecido pelo seu empregador, respeitando a orientação básica de apenas utilizá-lo para os fins a que é destinado, ou seja, apenas no ambiente de trabalho, nos locais em que ele está exposto aos riscos da sua atividade. A sua conservação e limpeza também são de responsabilidade do trabalhador, que devem sempre guardar a Botina de Segurança em local fresco e arejado.



Saiba agora quais são as principais proteções oferecidas por esse importante EPI.

1 ) Proteções do Cabedal da Botina de Segurança
O cabedal é a área externa do Calçado de Segurança, a parte que abraça o pé e também a mais visível, já que é a mais aparente, onde está o cadarço, quando há cadarço e onde está a biqueira e o contraforte. O cabedal da Botina de Segurança pode proteger você contra os seguintes riscos:

Queda de líquidos quentes.
Queda de produtos químicos.
Umidade provocada pela água.
Proteção contra choque elétrico.

2 ) Proteções da Biqueira da Botina de Segurança
A biqueira fica localizada na parte dianteira da Botina de Segurança, geralmente protegida pelo cabedal, por isso não é uma área visível. As biqueiras mais populares das Botinas de Segurança são feitas em aço ou composite, materiais que oferecem proteção contra os seguintes riscos:

Queda de objetos pesados.
Queda de objetos cortantes.
Topada com os mais variados objetos.
Pisões e trombadas.

3 ) Proteções do Solado da Botina de Segurança
O solado fica localizado na parte de baixo do Sapato de Segurança, é a área que está em contato com o chão. A Botina de Segurança pode ter o seu solado feito em PVC ou poliuretano (PU). Quando feito em poliuretano, pode ser de monodensidade, quando há apenas uma injeção do material, ou bidensidade, quando há duas injeções do material. Ele oferece proteção contra os seguintes riscos:

Possíveis escorregões.
Pisada em objetos perfurantes.
Pisada em objetos cortantes.
Umidade causada pela água.
Proteção contra choque elétrico.
Achou essas informações relevantes ou acredita que há mais dados a serem informados? Compartilha com a gente a sua opinião.

Um grande abraço!

Botinas Du Gaúcho.

Sem comentários

Publicar um comentário